SERVIÇO “PORCO” E FALTA DE CUIDADO, MARCAM “DESMATAMENTO” DO CANTEIRO DA SP-304

- A mesma Artesp que aumenta o valor dos pedágios no dia certo e sem qualquer atraso para agradar as concessionárias, é a que vira as costas e deixa o DER tratar a SP-304 e seus usuários como lixo!

Trator praticamente invade parte da faixa e não usa proteção lateral e nem mesmo há sinalização anterior de alerta.

Quem passou pela Rodovia Luiz de Queiroz nos últimos dias, certamente ficou surpreso com a falta de cuidados mínimos da equipe que esta realizado o “desmatamento” do canteiro central e laterais da via. Sem sinalização anterior alguma, sem proteção lateral e com o trator praticamente na faixa de rolamento, as equipes que estão a serviço do DER colocam todos os motoristas em risco e sequer desempenham o trabalho como deveria. Acompanhe o vídeo do flagrante abaixo:

Nos últimos dias, as equipes estavam trabalhando nas imediações do km 127, proximidades do acesso a Nova Odessa, porém, o que chamou atenção dos usuários, foi o fato do trator que realizava a roçagem do mato no canteiro central, estar sem proteção alguma, não haver qualquer tipo de sinalização anterior para alertar aos motoristas e o pior, praticamente em cima da faixa de rolamento.

É de conhecimento de todos que para desempenhar este trabalho, é necessário as vezes utilizar partes da faixa de rolamento, porém, deve-se interditar tal faixa como forma de evitar que acidentes ocorram, e este fator foi ignorado pelos membros da equipe, que simplesmente fizeram o que tinham que fazer, sem importarem-se com a segurança dos usuários.

Além dos perigos, alguns motoristas relatam que tiveram as laterais dos veículos danificadas por pedras lançadas pela roçadeira. A ASP-304 orientou a estes condutores, que façam o registro da ocorrência e busquem ressarcimento junto à autarquia.

HÁ QUASE UM MÊS E SÓ REALIZARAM A LIMPEZA DE 6KM

Mesmo com a falta de cuidado necessário, o trabalho vem se mostrando deveras vagaroso, afinal, os serviços se iniciaram acerca de um mês e até o momento, os problemas foram sanados somente no trecho entre o km 121 e 127.