PEDÁGIO MAIS CARO A PARTIR DE 1 DE JULHO

- Dos mesmos criadores de "O IPVA mais caro do Brasil" e "Km rodado mais caro do país", vem aí mais um presente para os paulistas!

- Pedágio mais caro, significa aumento em tudo que é transportado.

Os motoristas das rodovias pedagiadas, irão desembolsar mais 4,66% para poderem circular pelo Estado de São Paulo. A notícia foi publicada no Diário Oficial do Estado de São Paulo, em sua edição de hoje (28). Segundo a Artesp, o índice para aplicar o aumento, foi calculado de acordo com a reposição infracionária medida pelo IPCA entre os meses de Junho de 2018 a Maio deste ano.

A agência informou ainda, que em razão de arredondamentos na fração dos centavos, também prevista nos contratos de concessão no Estado, haverá praças em que o percentual final ficará abaixo do índice de 4,66% e outras em que ficará ligeiramente acima.

Com o aumento, a região do eixo da Rodovia Luiz de Queiroz (SP-304) entre Piracicaba e Americana, irão desembolsar R$ 55,40 para realizar o trajeto de ida e volta para São Paulo e com este aumento, já é oficial que a partir de 1°de Julho, os motoristas irão gastar mais em pedágios, do que com combustível – levando-se em conta o valor médio do etanol (R$ 2,399) e que em média, um veículo 1.0 faz cerca de 12km por litro e, a distância da Rodovia Luiz de Queiroz a São Paulo pela Via Anhanguera é de 121 km.

É preciso lembrar que o aumento nos pedágios, representa ainda, aumento no preço de tudo que é transportado pelas rodovias paulistas e até mesmo quem sequer tem veículo ou usa as rodovias, será afetado com mais esse “presente de grego” do governo paulista.