MORADORES PEDEM PROVIDÊNCIAS PARA CONTER EROSÃO DE BARRANCO

- Na hora da cobrança de impostos, não existe problema de responsabilidade...

Os moradores da Rua das Petúnias, via marginal à Rodovia Luiz de Queiroz, no bairro Cidade Jardim em Americana, estão preocupados com a situação do barranco às margens da rodovia, que parece ceder a cada dia. Uma cerca de concreto que há no local, já está inclinada para o lado da rodovia e ameaça cair a qualquer momento. Além da cerca, outro sinal de que há problemas na sustentação do barranco, são as rachaduras e o afundamento de parte do asfalto.

Preocupados com a segurança de suas famílias e também de quem passa pela SP-304, os moradores já acionaram a prefeitura de Americana e foram informados de que a responsabilidade seria do DER, que por sua vez, informou que tais ações devem ser tomadas pela prefeitura.

Em Novembro de 2017, em uma ação conjunta entre Prefeitura de Americana e DER, as árvores que haviam às margens do barranco na Rua das Petúnias, foram extraídas sob a justificativa de que as referidas apresentavam risco de queda. Agora, que a situação demanda maior atenção, um órgão empurra para o outro a responsabilidade e quem fica sem saber a quem recorrer é a população.

Problemas com barrancos são costumeiros na Rodovia Luiz de Queiroz e desde 2015, são requeridas providências, principalmente nas encostas do km 131, nas proximidades do Jardim Brasília em Santa Bárbara d’Oeste, onde uma parte do barranco no sentido Anhanguera, cedeu após o rompimento de uma adutora e até o momento não foram tomadas as medidas necessárias para conter eventuais deslizamentos.