IDENTIFICADO CAMINHÃO QUE DERRUBOU CARGA DE SOJA NA SP-304

- Motorista disse que não se lembrava do que havia ocorrido e que provavelmente teria dormido na direção. Carga foi derrubada em todo trajeto entre o km 129 da SP-304 até o município de Nova Odessa.

- Carga esparramada na madrugada, causou transtorno aos motoristas na manhã de hoje

Às 2h da manhã desta segunda-feira, uma carreta que seguia no sentido Anhanguera da Rodovia Luiz de Queiroz, derramou boa parte da carga de soja enquanto passava pelo km 129, logo após o viaduto da Avenida Cillos em Americana. Homens do DER foram até o local e realizaram a sinalização da área, após, saíram em busca do veículo responsável e seguiram o rastro de grãos esparramados e já em Nova Odessa, se depararam com a carreta com a lateral direita bastante danificada e sem dois dos pneus.

Veículo foi encontrado com a lateral danificada

Os agentes do DER encontraram o motorista e este por sua vez alegou que não sabia o que havia ocorrido e que só se deparou com os danos ao encostar o caminhão em Nova Odessa. Bastante desorientado, o motorista disse que não se lembrava do momento em que a carga se esparramou e que provavelmente pode ter dormido ao volante.

Agentes do DER encontraram o caminhão após seguirem o rastro da soja derramada. Veículo estava em Nova Odessa

Ao retornarem para o local onde houve o primeiro derramamento, foi observado que no muro de arrimo da sustentação lateral do viaduto, haviam marcas recentes de colisão e que tais marcas coincidiam com os danos da carreta. Após a vistoria na área, não restou dúvidas de que a carga foi derramada em decorrência dos danos ocasionados com o choque do caminhão com a estrutura do viaduto e logo mais a frente, estavam dois pneus caídos às margens da rodovia, comprovando que os dois pneus que estavam faltando na carreta, foram perdidos em decorrência da colisão.

Pela manhã, o DER iniciou a limpeza da via e o trânsito chegou a ficar congestionado com intensidade no sentido Anhanguera entre os viadutos da Avenida Iacanga e Cillos em Americana. Por volta das 10h30, a limpeza havia terminado e o trânsito voltou a fluir com normalidade.