BRAVA GENTE BRASILEIRA… – PARTE 6

-Hoje o Brava Gente não vai ter um depoimento ou um profissional. Hoje vamos falar de uma classe toda de profissionais: nossos amados professores!

Professores e Supervisores da Diretoria de Ensino de Americana.

Hoje o Brava Gente não vai ter um depoimento ou um profissional. Hoje vamos falar de uma classe toda de profissionais. Eles não estão atendendo nos hospitais. Alguns nem estão tendo contato com muitas pessoas. Esses profissionais, porém, estão trabalhando, buscando inovar todos os dias, para levar o seu melhor a outros seres humanos que precisam.

Nossa homenagem desta semana vai para você, Professor (a), Mestre, que está se reinventando para que seus alunos possam continuar recebendo sua orientação, seu carinho e sua presença.

BRAVA GENTE BRASILEIRA #6
AOS MESTRES, COM CARINHO!!!!

Todos nós, juntos, estamos escrevendo parte da história do mundo. Somos protagonistas, mesmo contra nossa vontade, de ações, momentos, partes de um todo, que mudarão, sem dúvida alguma, o modo como vemos e sentimos tudo ao nosso redor. Vida, amizades, amores, família, relações de trabalho: nada será como antes!
Temos, porém, alteração em nossa rotina que chamou muito a atenção da sociedade e da mídia: a suspensão das aulas em todo o sistema escolas do estado de São Paulo.

E agora?

Os recessos e férias foram adiantados. Agora é preciso voltar. Voltar como? Não podemos deixar as crianças juntas. Precisamos protegê-las! Não podem adoecer e não podem ser agentes de transmissão. Mas também não podem ficar sem conteúdo, sem aprendizado, sem atividades… afinal, há um ano escolar para cumprir.

É aí que entra a força de vontade, o saber fazer, o aprender sempre! É aí que entra aquele tantas vezes esquecido pelas famílias e, muitas vezes, pelos governantes. É aí que entra o Professor!

“Todos os dias, seja em férias ou recesso, quando poderiam estar descansando, tivemos professores perguntando como poderiam fazer para atender alunos nessa época de pandemia. Todos os dias, em nossos atendimentos, havia algum professor tirando dúvida sobre esta ou aquela tecnologia, para saber qual meio seria mais fácil para seu aluno utilizar. E sempre questionando como poderiam chegar a todos os alunos, sem deixar nenhum para trás” (Joseana Moreira – Supervisora de Ensino – Diretoria de Ensino de Americana).

As aulas voltarão também de uma maneira diferente. Escolas, famílias, alunos e sociedade: todos precisarão se adaptar. E não é diferente para os professores. Eles precisam, mais que nunca, trabalhar arduamente para que tudo isso dê certo. Nossos mestres continuarão a estudar para prepararem suas aulas, continuarão a corrigir atividades, continuarão a se preocupar com seus alunos acima de tudo e ainda terão que aprender como fazer uma videoaula, como montar uma sala de aula virtual, nos programas existentes, como receber as atividades dos alunos. Além do contínuo trabalho que já tinham – e continuará – precisam se reinventar todos os dias, para um sistema de aulas totalmente novo, para o qual ninguém teve preparo antecipado.

“Fiz umas 20 vezes e ainda acho que não ficou bom! Mas saiu… e já estamos fazendo outro.” (Professora Glaucia R. Pio, sobre o primeiro vídeo no youtube).

Qual será o desenrolar de tudo que estamos passando com a pandemia do COVID-19? É incerto. Mas uma certeza, ao ouvir nossos professores, é que força, comprometimento e dedicação às nossas crianças e jovens não faltarão.
A força da Educação vem de todos que dela fazem parte. Professores, Diretores de Escola, Vice-Diretores, Professores Coordenadores, Gerentes e Agentes de Organização, Merendeiras, pessoal da limpeza e higienização, essenciais ao trabalho e saúde de todos os demais…. todos responsáveis pela formação de todos os outros profissionais: nosso muito obrigado! Vocês estão ajudando a escrever essa história agora e ainda usarão todo esse conhecimento para ensinar as gerações futuras.

“Por outro lado, todos os dias atendemos pais e mães contando como é difícil ensinar em casa. Esta semana uma mãe me disse que, quando as aulas voltarem, quer dar um abraço e agradecer a cada professor dos seus filhos, pois ela nunca imaginou que era tão difícil assim!” (Joseana Moreira – Supervisora de Ensino – Diretoria de Ensino de Americana).

A todo aquele que foi, é ou será Professor, nossa gratidão!